No domingo, dia 7 de fevereiro, a Faculdade realizou a prova de conhecimentos teóricos elementares da Revalidação de Diplomas Estrangeiros de Médicos. Dos 116 convocados, 88 compareceram para realizar a avaliação, que teve início às 8h35. O pequeno atraso aconteceu devido aos processos de identificação de digital e conferência de assinatura. Além disto, após o fechamento dos portões todos os candidatos foram submetidos à triagem de detecção de metais.

Segundo o presidente da comissão de Revalidação de Diplomas Estrangeiros de Médicos, professor André Cabral, o tempo estabelecido foi suficiente. “Com três horas e meia de prova, mais de 80% dos candidatos já haviam acabado o primeiro caderno, aplicado no turno da manhã. Faltando meia hora para o final do segundo caderno, só faltavam quatro candidatos para entregar a avaliação. Todos conseguiram terminar a prova antes do tempo máximo estabelecido”, conta André.

Os candidatos aprovaram a organização da equipe que trabalhou durante a prova. As observações dos convocados sobre os processos de segurança aplicados foram recebidas com satisfação pelo coordenador. “Alguns acharam a segurança excessiva. É o padrão adotado pela UFMG em avaliações. Tomamos o comentário como um elogio”, comenta.

As opiniões sobre o grau de dificuldade da prova foram diversas. A maioria dos candidatos descreveu a prova como “equilibrada”. De acordo com o professor André Cabral, a maior dificuldade, provavelmente, foi de compreensão linguística, já que 15% dos candidatos eram de outros países. “O modelo pedagógico da avaliação tem o mesmo padrão do adotado há anos no vestibular. Toda a prova passou por revisão pedagógica e linguística. Quem teve mais dificuldade na compreensão das questões, de certo, foi por causa do português”, explica.

Os motivos que levaram os candidatos a fazer a prova de revalidação na UFMG também são múltiplos. A data de inscrição e, consequentemente, da divulgação do resultado foi a razão mais comum para a escolha. A metodologia, organização e seriedade da Instituição também foram decisivas. Além dos estrangeiros, participaram candidatos do Brasil inteiro: do Acre ao Rio Grande do Sul.

O site da Revalidação de Diplomas vai continuar sendo o principal canal de informações necessárias aos candidatos. Nele será divulgada a lista dos convocados para a próxima fase, no dia 24 de fevereiro. Esta fase, de avaliação prática de habilidades, atitudes e competências médicas, será realizada no mês de março, em data a ser definida.

Mais informações sobre a Revalidação de Diplomas Estrangeiros de Médicos podem ser obtidas no site ou pelo telefone (31) 3409-9113.

Fotos: Ana Cláudia Oliveira

    Contador de visitas: 260 visualizações

    Veja também: