Faculdade de Medicina

Universidade Federal de Minas Gerais


Notícias Externas

Campus Saúde relembra encontro estudantil reprimido pela ditadura


Publicado em: AgendaExternas - 9 de junho de 2017

O campus Saúde vai sediar, neste sábado, dia 10, às 18h, evento destinado a rememorar a resistência do movimento estudantil à ditadura militar. A celebração é organizada por protagonistas do 3º Encontro Nacional de Estudantes, que seria realizado em junho de 1977, mas foi duramente reprimido pelo regime militar, culminando com a prisão de centenas de universitários em cerco à Faculdade de Medicina.

A reunião ocorrerá no Diretório Acadêmico Alfredo Balena (DAAB), o mesmo local onde estudantes de todo o país pretendiam refundar a União Nacional dos Estudantes (UNE), desarticulada pelo governo militar. O campus Saúde acabou cercado com telas de arame, policiais e viaturas na noite de 3 de junho, e invadido pela polícia no dia seguinte, em desrespeito ao preceito da autonomia universitária.

Os quase 400 jovens de todo o país que estavam no DA foram retirados “abraçados, em pequenos grupos, e espremidos no meio de um corredor fardado”, segundo relato de integrantes do grupo que organizou a celebração. Levados para o Parque de Exposições da Gameleira, os estudantes passaram por triagem e interrogatórios. Mais de meia centena deles acabou enquadrada na Lei de Segurança Nacional.

A TV UFMG conversou com os professores da Faculdade de Medicina, Thomaz da Matta Machado, e da Faculdade de Educação, Samira Zaidan, ambos da UFMG, e Ana Rita Trajano, da Uemg, que eram líderes estudantis da época, e exibiu imagens do episódio. Assista ao vídeo no alto desta notícia.

Em reportagem publicada nesta semana, o Boletim UFMG também traz detalhes do episódio.

Redação: Cedecom/UFMG

    Contador de visitas: 224 visualizações

    Veja também: