Faculdade de Medicina

Universidade Federal de Minas Gerais


Notícias Externas

Campanha “Salve Vidas” será realizada durante Semana do Conhecimento da UFMG


Publicado em: AgendaExternas - 14 de outubro de 2016

Salve-Vidas---FacebookA Faculdade de Medicina da UFMG realiza, entre os dias 17 e 21 de outubro, a campanha “Salve Vidas” – Suporte Básico de Vidas e Reconhecimento Precoce da Sepse. As atividades fazem parte do calendário da Semana do Conhecimento da UFMG.

De acordo com a enfermeira e professora convidada do Laboratório de Simulação da Faculdade e do Núcleo de Telessaúde, Monalisa Gresta, foram programadas atividades que contemplassem um tema de interesse da população em geral e dos profissionais de saúde. “Pensamos em fazer uma campanha destinada a ensinar as manobras de reanimação cardiorrespiratória, usando manequins, além de falar um pouco sobre a importância do diagnóstico precoce do paciente e os passos mais importantes para salvar uma vida”, explica.

A programação conta com atividades para leigos e para profissionais de saúde, com simulações e aulas rápidas sobre o tema. De 17 a 21 de outubro, será realizado no hall de entrada da Faculdade, o treinamento da massagem cardíaca. “Para o leigo, será ensinado o que é mais importante: avaliar se o paciente está consciente, chamar ajuda e iniciar a compressão torácica”, comenta Monalisa. Durante o treinamento, também será explicado como usar o desfibrilador externo automático, que é um sistema computadorizado, com um processo de voz, que fala o que precisa ser feito em cada caso.

Já nos dias 18 e 21, terça e sexta-feira, haverá três aulas rápidas, no Salão Nobre da Unidade: “Suporte Básico de Vida para leigos”, “Suporte Básico de Vida para profissionais da saúde” e “Suporte Básico de Vida e reconhecimento precoce da sepse”. As duas primeiras palestras estão ligadas à prática da ressuscitação. Já a última aula, será para explicar sobre a sepse, condição clínica de baixa perfusão dos órgãos nobres, e que, normalmente, tem a infecção como causa primária. Segundo Monalisa, diagnosticar a sepse é uma medida importante que deve acontecer ainda fora do hospital. “Não se pode subestimar sintomas, como febre ou mal estar. Se houver persistência ou piora clínica, precisa procurar por atendimento”, avalia. As palestras são gratuitas e não precisam de inscrição prévia.

As atividades contarão com a participação de alunos da Liga de Simulação e da Liga do Trauma, além de convidados da Sociedade Mineira de Terapia Intensiva.

 

Confira a programação:

Suporte básico de vida para os transeuntes

17 a 21 de outubro – 11 às 14 h e das 16 às 18h

Local: Hall de entrada da Faculdade de Medicina

 

Palestra “Suporte Básico de Vida para leigos”

18 e 21 de outubro – 12h às 12h30

Local: Salão Nobre da Faculdade de Medicina da UFMG

 

Palestra “Suporte Básico de Vida para profissionais da saúde”

18 e 21 de outubro – 12h30 às 13h

Local: Salão Nobre da Faculdade de Medicina da UFMG

 

Palestra “Suporte Básico de Vida e reconhecimento precoce da sepse”

18 e 21 de outubro – 13h às 13h30

Local: Salão Nobre da Faculdade de Medicina da UFMG

    Contador de visitas: 789 visualizações

    Veja também: