Notícias Internas

Café Controverso aborda dietas e resultados no sábado


Publicado em: AgendaInternas - 21 de junho de 2017

A próxima edição do Café Controverso: Saúde em Pauta será no sábado, 24 de junho, a partir das 11h, na Cafeteria do Espaço do Conhecimento UFMG. A obesidade, sua relação com a qualidade de vida e com a prevalência de doenças, os esforços para emagrecer e a eficácia de alguns programas de dieta estarão entre os temas abordados. A entrada é gratuita e o Espaço fica na Praça da Liberdade, 700.

A atividade, cujo tema é A dieta em xeque: desce carboidrato e sobe gordura?, vai contar com a participação do diretor científico da Sociedade Mineira de Nefrologia, José de Resende Barros Neto, e do especialista em nutrologia e PhD em Bioquímica pela Tulane University (EUA), Enio Cardillo. A mediação será do coordenador da pós-graduação da Fundação Unimed, José Ricardo de Paula Xavier Vilela.

Dietas sérias e modismos
Quase 60% dos brasileiros com mais 18 anos estão acima do peso, o que representa 82 milhões de pessoas, segundo dados da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), feita pelo Ministério da Saúde e pelo IBGE. Alimentar-se apenas de proteínas, reduzir o carboidrato, comer à vontade por alguns dias e jejuar por outros são alguns dos hábitos que as pessoas estão dispostas a manter, tendo em vista um corpo mais magro e, teoricamente, mais saudável.

Para José Neto, existem dietas sérias e outras que são modismos. A Low Carb, por exemplo, é indicada apenas em casos de problemas de saúde. “Nos últimos anos, as pessoas se afastaram de alguns alimentos, como ovos e banha de porco. Existe uma lipidofobia muito grande, criada há 50 anos, mas já sabemos que há a gordura boa e a gordura ruim. Acredito que a melhor estratégia alimentar seja voltar a comer comida de verdade”, diz.

Em voga atualmente, a dieta Low Carb vem encontrando espaço nos consultórios e na rotina das pessoas. Este método defende a redução do consumo de carboidratos para chegar ao peso desejado e a priorização do consumo de carboidratos de baixo índice glicêmico e de alimentos integrais ricos em fibras.

Sobre ela, Enio Cardillo pontua que o excesso de proteínas animais na dieta produz diversos efeitos negativos. “Não preconizo dietas porque ninguém faz dieta a vida toda. O tratamento mais indicado para obesidade é o cognitivo-comportamental: comer de tudo, mas não tudo. Não proíbo alimento nenhum, sugiro a restrição daqueles ricos em carboidratos, proteínas e gorduras e libero frutas e hortaliças. Recomendo também comer muito devagar, colocar pouco alimento na boca, mastigar bem e soltar os talheres”, conta.

Esta edição do Café Controverso é fruto de parceria entre o Instituto Unimed-BH e o Espaço do Conhecimento UFMG.

Café Controverso
A proposta do Café Controverso, lançado em 2012, é discutir temas atuais a partir de múltiplas perspectivas. O projeto, idealizado pelo Espaço do Conhecimento UFMG, promove encontros mensais. Ao longo de cinco anos, vem propiciando o compartilhamento de informações das mais diversas áreas do conhecimento, de dentro e fora da Universidade.

O Espaço do Conhecimento UFMG estimula a construção de um olhar crítico acerca da produção de saberes. Sua programação diversificada inclui exposições, cursos, oficinas e debates. Integrante do Circuito Liberdade, o museu é fruto da parceria entre a UFMG e o Governo de Minas. O Espaço está subordinado à Diretoria de Ação Cultural (DAC) da universidade, é amparado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura e conta com patrocínio da Unimed-BH e do Instituto Unimed-BH.

Mais informações: (31) 3409-8352 ou pelo e-mail espacoufmg.comunicacao@gmail.com
Redação: com Cedecom/UFMG

    Contador de visitas: 204 visualizações

    Veja também: