Especialista fala sobre como é realizado o procedimento cirúrgico na região das bochechas, seus riscos, consequências e cuidados que devem ser adotados

*Nathalia Braz

A bichectomia é uma cirurgia plástica que consiste na retirada de tecido gorduroso na região das bochechas. A remoção da gordura é realizada nas bolsas de bichat, situada entre a maçã do rosto e a mandíbula. O nome das bolsas batiza esse procedimento cirúrgico, que vem crescendo no país. Segundo censo divulgado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, em 2016, quase 1,5 milhões de brasileiros realizaram cirurgias plásticas, sendo que 7.400 delas foram de bichectomia. O cirurgião plástico e professor do Departamento de Cirurgia da Faculdade de Medicina da UFMG, Paulo Roberto da Costa, explica como funciona esse procedimento:

Mesmo sendo considerado um procedimento simples em comparação a outras cirurgias estéticas, a bichectomia apresenta riscos. Não conseguir encontrar a gordura de bichat é um deles. O professor explica que existem outras complicações que podem ocorrer durante o procedimento. Para evitá-los, é importante que o paciente pesquise bem antes de escolher o profissional:

 

pixabay.com

O procedimento também exige cuidados especiais pré e pós-cirúrgico. Além disso, segundo o especialista, a cirurgia não é indicada a qualquer pessoa. O paciente que estiver com infecção na cavidade oral, por exemplo, não pode realizar o procedimento, assim como pessoas com doenças clínicas, como diabetes ou hipertensão, que não estão controladas. Entre as orientação pré-cirúrgicas, está a higienização da região oral. Paulo Roberto da Costa explica que é recomendada uma dose de antibiótico um pouco antes do procedimento, para prevenir problemas como infecção. É indicado também o gargarejo com antisséptico bucal com seis horas de antecedência e um pouco antes de iniciar a cirurgia. Ele também faz recomendações para cuidados com a alimentação:

Após a operação, manter a cavidade oral limpa é importante, assim como usar antisséptico bucal durante as primeiras 24h. O paciente pode sentir dores na região da boca durante as primeiras semanas. Para aliviar essa dor, são indicados analgésicos que, preferencialmente, não aumentem a possibilidade de sangramento. O médico alerta, no entanto, sobre a possibilidade de a cirurgia, com a passar dos anos, acentuar o envelhecimento. Isso porque, com o avançar da idade, as maçãs do rosto naturalmente vão murchando. Se a pessoa tiver realizado a bichectomia, poderá apresentar aspecto envelhecido mais rapidamente:

Com a remoção do tecido gorduroso da bochecha, caso o paciente aumente o peso, a gordura de bichat, que é retirada na bichectomia, não volta a aparecer. Esse e outros procedimentos estéticos, como implante de silicone nos seios, lipoaspiração, peeling e preenchimento labial, foram destaque da série “Procedimentos Estéticos e Cirúrgicos”. A série, produzida pelo programa de rádio Saúde com Ciência, foi ao ar entre os dias 8 a 12 de outubro deste ano.

Aspas Sonoras

As “Aspas Sonoras”, produção do Centro de Comunicação Social da Faculdade de Medicina da UFMG, ampliam a discussão sobre os temas abordados nas séries de rádio realizadas pelo Saúde com Ciência. As matérias apresentam áudios e textos inéditos do material apurado na produção das séries.

 

*Redação: Nathalia Braz – estagiária de Jornalismo

Edição: karla Scarmigliat

    Contador de visitas: 445 visualizações

    Veja também:

    metin2 pvp - metin2 pvp serverler - pvp serverler - metin2 pvp serverler - metin2 pvp serverler - mt2 - agario - agario - io games - okey