Faculdade de Medicina

Universidade Federal de Minas Gerais


Notícias Externas

Associação para a Fibrose Cística faz ação de conscientização na Faculdade


Publicado em: ExternasNotícias - 21 de setembro de 2017

Stand na Faculdade de Medicina da UFMG. Foto: Rafaella Arruda.

A Associação Mineira de Assistência à Mucoviscidose (AMAM), responsável por apoiar familiares e portadores de fibrose cística, realiza hoje, 21, na entrada da Faculdade de Medicina da UFMG, ação de conscientização sobre a doença. A entrega de panfletos e cartilhas faz parte das atividades da AMAN em comemoração ao mês de Divulgação da Fibrose Cística, quando são celebrados o dia nacional (05/09) e mundial (08/09) de conscientização da doença.

“Queremos chamar a atenção do público, estudantes e profissionais de saúde para a fibrose cística, a maioria desconhece o assunto”, diz a enfermeira e membro da AMAN, Cíntia Aparecida. Como destaca Cíntia, apesar de a doença ser identificada pela triagem neonatal (teste do pezinho), em alguns casos a descoberta só ocorre ao longo da vida: “Por isso a importância de estar atento aos sintomas característicos da fibrose cística, como tosse crônica, dificuldade para ganhar peso e estatura, diarreia e suor mais salgado do que o normal”.

A vice-presidente da AMAN, Eliane Marques, presente no stand montado na Faculdade, conta que a sobrinha neta, moradora de Manaus (AM), teve o diagnóstico da doença aos 2 anos, quando não havia ainda a triagem neonatal para a fibrose cística. “Ela começou com os sintomas, veio para Belo Horizonte e descobriu a doença. Hoje ela tem 9 anos e faz o tratamento periódico aqui”, comenta.

Além da ação na Faculdade de Medicina, a AMAN realiza no próximo domingo, 24 de setembro, das 9h às 11h, Caminhada de Divulgação e Conscientização na Praça da Liberdade.

Fibrose cística

Distúrbio genético caracterizado pelo mau funcionamento das glândulas exócrinas, que passam a produzir secreções (muco) mais espessas, difíceis de excretar. As principais complicações da fibrose cística ocorrem nos sistemas respiratório, digestivo e reprodutor.

O Programa de Triagem Neonatal de Minas Gerais (PTN-MG), executado pelo Núcleo de Ações e Pesquisa em Apoio Diagnóstico da Faculdade de Medicina da UFMG (Nupad) sob a gestão da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), passou a realizar o exame para diagnóstico da doença em 2003. Atualmente, são mais de 3,3 milhões de crianças em todo o estado triadas para a fibrose cística.

    Contador de visitas: 165 visualizações

    Veja também: