Faculdade de Medicina

Universidade Federal de Minas Gerais


Notícias Internas

Apubh e Sindifes transmitem ao vivo debates sobre a reforma da previdência


Publicado em: FuncionaisInternas - 16 de março de 2017

Com o objetivo de esclarecer dúvidas dos docentes sobre a PEC 287/2016, que propõe a reforma da previdência, o Sindicato dos Professores de Universidades Federais de Belo Horizonte, Montes Claros e Ouro Branco (Apubh) realiza debate hoje, 16, às 14h, no auditório principal da Escola de Engenharia.

O evento, que conta com a participação do professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Eduardo Rolim, e a Pró-reitora de Recursos Humanos da UFMG, professora Maria José Cabral Grillo, vai discutir os efeitos da proposta para os servidores públicos e o seu impacto para a Universidade. A entrada é franca. O debate será transmitido ao vivo.

Na próxima quarta-feira, 22 de março, será realizado seminário sobre o mesmo tema, organizado pelo Sindicato dos Trabalhadores das Instituições Federais de Ensino (Sindifes). As discussões, que buscam alertar os técnicos-administrativos em Educação e a comunidade universitária sobre os impactos da proposta considerados negativos pela entidade, começam às 8h30, no auditório da Reitoria.

A mesa reunirá Beatriz Cerqueira, presidente da CUT-MG, Frederico Melo, técnico do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e Lindolfo Fernandes, presidente do Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual de Minas Gerais (Sindifisco). As inscrições, gratuitas, devem ser feitas por meio de formulário on-line. Serão disponibilizados ofícios de liberação para os técnicos-administrativos. O evento também é aberto à comunidade universitária.

Unificação de regimes
Com a Proposta de Emenda Constitucional 287/16, o governo pretende unificar os regimes de previdência social (geral e próprio) e aumentar o tempo de contribuição e idade. Os trabalhadores precisariam alcançar idade mínima de 65 anos (igualando homens e mulheres) e 25 anos de contribuição para se aposentarem com 76% do salário da ativa. Para aposentadoria integral, a proposta prevê 49 anos de contribuição.

Redação: Cedecom/UFMG

    Contador de visitas: 260 visualizações

    Veja também:

    bursa escort bayan-beylikdüzü escort-bursa escort-istanbul escort-escort istanbul-bodrum escort-denizli escort-marmaris escort-kayseri escort-sakarya escort-samsun escort-mersin escort-bursa escort-kocaeli escort