Faculdade de Medicina

Universidade Federal de Minas Gerais


Notícias Internas

Agenda mundial de pesquisa em aula aberta na Enfermagem


Publicado em: AgendaInternas - 21 de fevereiro de 2018

No dia 28 de fevereiro, a partir das 14h, será realizada, no Auditório Maria Sinno da Escola de Enfermagem da UFMG, a aula inaugural do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.  O médico Paulo Ernani Gadelha Vieira, coordenador da Estratégia Fiocruz para a Agenda 2030, ministrará a palestra de abertura sobre “Agenda 2030: construção e perspectivas de integração com a Ciência, Tecnologia e Inovação”. Outro tema de destaque será “A agenda mundial de pesquisa e os desafios para a Enfermagem”, abordado pela professora da Universidad de Navarra (Espanha), Cristina García Vivar. O evento é aberto ao público e sem necessidade de inscrição prévia.

De acordo com o professor Paulo Gadelha, na perspectiva do tema central, a Agenda 2030 discutirá os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) que coloca um conjunto de metas globais, que propõem um recorte operacional para o cumprimento de compromissos amplos e diversos. “Essa é a grande contribuição da Saúde: por sua natureza, por ser social e ambientalmente determinada e implicar diretamente na qualidade de vida, impõe uma visão holística sobre esse conjunto de compromissos. Ao colocar o objetivo de assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todas e todos, em todas as idades, ela se desdobra em metas diretamente relacionadas às condições de saúde, como a redução da taxa de mortalidade materna global para menos de 70 mortes por 100 mil nascidos vivos até 2030 ou a redução pela metade das mortes e dos ferimentos globais por acidentes em estradas até 2020”, explicou.

Ele ressaltou ainda que a Saúde precisa estar presente nos debates e estratégias de todos os ODS, a exemplo dos que tratam da fome, da miséria, da paz e do clima. “Todas essas questões são indissociáveis da busca por uma sociedade e um planeta mais saudáveis. A Saúde é, ao mesmo tempo, uma pré-condição, um resultado e um parâmetro para o monitoramento da Agenda 2030”.

Redação: com Assessoria de Comunicação da Escola de Enfermagem da UFMG

    Contador de visitas: 78 visualizações

    Veja também: