Notícias Externas

Palestra celebra o Dia Mundial da Trombose


Publicado em: AgendaExternas - 7 de outubro de 2014

Especialistas falam sobre um mal que provoca a presença de coágulos no sangue e pode influenciar em três principais causas de morte no mundo

Em 13 de outubro será celebrado o primeiro Dia Mundial da Trombose, problema que provoca a presença de coágulos nos vasos (artérias ou veias) e compõe uma das três principais causas de morte no mundo: infarto do miocárdio, acidente vascular encefálico (derrame) e tromboembolismo venoso. Para alertar sobre o tema, o departamento de Hematologia e Hemoterapia da Associação Médica de Minas Gerais e o serviço de Hematologia e Oncologia do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais (HC UFMG), no dia 12 de outubro (domingo), distribuem panfletos com orientações na Feira Hippie (Avenida Afonso Pena) e na Avenida Bandeirantes, em Belo Horizonte. Já no dia 13, de 11h30 às 12h40, especialistas se reúnem no salão nobre da FM UFMG para uma palestra aberta à população. Entrada Gratuita. Não é necessária inscrição prévia.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estabeleceu uma meta global de reduzir as mortes prematuras por doenças não infecciosas, incluindo a cardiovascular, em 25% até 2025. Para que isso aconteça, a OMS orienta focar em medidas para redução da trombose, bem como no esclarecimento à população das suas causas e principalmente a prevenção.

Para a médica hematologista, coordenadora do serviço de Hematologia e Oncologia do HC UFMG e professora da Faculdade de Medicina da UFMG, Suely Meireles Rezende, dos três tipos de doença associados à trombose, o tromboembolismo venoso é o menos conhecido, embora seja a terceira maior causa de morte no mundo e passível de prevenção na maioria dos casos. Segundo Rezende, o problema acomete um a cada 1.000 adultos por ano, sendo raro em crianças. Os principais fatores de risco são adquiridos e se relacionam a imobilização prolongada, uso de anticoncepcionais, cirurgias, hospitalizações e fraturas, embora fatores hereditários estejam também envolvidos.

A especialista explica ainda que a data, instituída mundialmente, tem como foco trabalhar a divulgação sobre o tema juntamente com as sociedades de classe que atuam na trombose e hemostasia, grupos de defesa de pacientes, organizações científicas e médicas e outras partes interessadas em todo o mundo. “Pretendemos com isso, aumentar a conscientização sobre a trombose e os fatores de risco, reduzir o número de casos não diagnosticados, incrementar medidas de apoio a pesquisas e incentivar sistemas de cuidados da saúde para a prevenção, diagnóstico e tratamento”, pontua a médica.

De acordo com o presidente do departamento de Hematologia e Hemoterapia da Associação Médica de Minas Gerais, João Paulo de Oliveira Guimarães, o tromboembolismo venoso acomete, principalmente, veias das pernas (trombose venosa profunda) e pulmões (embolia pulmonar). “O peso desses distúrbios é incalculável. Milhões de vidas perdidas e bilhões de dólares gastos para tratar e cuidar dos indivíduos acometidos”, comenta o médico hematologista.
Palestra Dia Mundial da Trombose

Data: 13/10/2014 (Segunda-feira)

Horário: 11h30 as 12h40

Local: Salão Nobre da Faculdade de Medicina da UFMG, Av. Alfredo Balena, 190, Belo Horizonte.

Entrada Gratuita. Não é necessária inscrição prévia.

 

Com Assessoria de Imprensa da Associação Médica de Minas Gerais

    Contador de visitas: 462 visualizações

    Veja também: