Notícias Externas

105 anos: por Maurílio Elias


Publicado em: ExternasInstitucionais - 4 de março de 2016

De office boy à superintendente, funcionário passou grande parte de sua vida na Faculdade de Medicina

No próximo dia 5 de março, a Faculdade de Medicina da UFMG comemora 105 anos de existência. Todos os alunos, professores, técnico-administrativos e colaboradores fazem parte dessa história. Por isso, alguns representantes desses setores foram convidados a dar depoimentos e contar um pouco sobre suas experiências na Faculdade e as perspectivas para o futuro.

Maurílio da Silva Elias foi um dos convidados. Desde os 14 anos trabalhando na Faculdade, ele passou por diversos setores e muitas mudanças até se tornar superintendente administrativo, cargo que ocupa há dez anos.

maurilio_041213_brunacarvalho_03

O superintendente administrativo Maurílio Elias está na Faculdade de Medicina da UFMG há 38 anos.

“Nasci aqui no Hospital das Clínicas em 1964. Com apenas 14 anos, comecei a trabalhar como guarda mirim na Contabilidade da Faculdade. Mas meu início de carreira se deu mesmo com a criação do Internato Rural, encabeçada pelos professores Edson Correa, Francisco Campos e João Magro, e carregado pela Maria Lourdes Chaves, da extinta Seção de Ensino, a qual atualmente está no NESCON. Também teve a participação dos meus amigos motoristas da época e, principalmente, do Raimundo Soares dos Santos, também da Seção de Ensino, que me transferiu do térreo para o subsolo, na Secretaria do Internato.

Após completar 18 anos fui contratado pela Fundep como datilógrafo. Em 1980, já como servidor UFMG, fui convidado a ocupar o cargo de secretário da Residência em Medicina Preventiva e Social e depois de secretário desse Departamento. Na gestão do diretor Borato, fui chamado para ser chefe da Seção de Serviços Gerais e, por fim, convidado pelo diretor Geraldo Brasileiro a ocupar o cargo de Superintendente Administrativo, onde estou até hoje.

Nos últimos anos, houve uma melhoria significativa na organização administrativa e um salto gigante na melhoria da estrutura física dos edifícios. Destaque também para reorganização financeira, fruto de uma teoria simples que é medir para gerenciar. Agora, enfrentamos novos desafios, como administrar os recursos elétricos e hidráulicos, estar em dia com a questão ambiental, normatizando e gerenciando o nosso resíduo, e garantir segurança interna para nossa comunidade.

De office boy à superintendente, não participei só do crescimento e das transformações da Faculdade. Também estive envolvido na consolidação dos direitos à voz e voto dos servidores técnico-administrativos e de momentos com posicionamento político muito mais aguerrido e sofrido, em defesa da nossa categoria e da nossa UFMG.

A universidade é escola de vida para a sociedade. A Faculdade de Medicina da UFMG é a minha escola particular. Aqui, passei a maior parte da minha vida e tenho aprendido todos os dias. Daqui tenho tirado meu sustento e minha melhor rede de contatos, amigos e companheiros. Dos 105 anos, eu conheço apenas 38. Neste período, tenho contribuído para que a nossa Faculdade continue sendo uma das melhores do país, que forma grandes profissionais, influencia decisões no sistema de saúde em Minas e no Brasil e exporta conhecimento e experiências. Aqui, o que brilha é a transformação de uma simples escola em uma instituição que abriga não só três grandes cursos na graduação, inúmeros programas e pesquisas na pós e dois gigantes órgãos complementares de influência nacional, mas a realidade enriquecedora de mais de mil pessoas que circulam diariamente no campus”.

Selo comemorativo

SELO_105_FACULDADE_MEDICINA1Para marcar os 105 anos da Faculdade de Medicina da UFMG, um selo comemorativo foi desenvolvido pela Assessoria de Comunicação Social (ACS) da Instituição para ser utilizado em suas peças gráficas de eventos. O manual de aplicação está disponível através do site ACS da Faculdade (CLIQUE AQUI). Os interessados também podem baixar a imagem como fundo de tela para o computador.

    Contador de visitas: 1.378 visualizações Tópicos:

    Veja também: