Sobre

Apresentação

O Departamento de Ginecologia e Obstetrícia (GOB) estava presente em 1911 na ata de instalação da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais através do Professor Hugo Furquim Werneck, primeiro catedrático e signatário da Instituição.

Ao longo de quase um século no currículo médico insere-se atualmente através das disciplinas de Ginecologia Básica (6° período), Obstetrícia Básica (7° período), Atenção Primária à Saúde da Mulher (8º período), Estágio em Ginecologia e Obstetrícia (10° período); além dos Estágio Opcional em Ginecologia e Estágio Opcional em Obstetrícia e Perinatologia. Atua no Hospital das Clínicas na formação do especialista em Ginecologia e Obstetrícia há 40 anos através da Residência Medica, hoje com áreas de subespecialidade em Reprodução Humana, Oncologia Ginecológica, Endoscopia Ginecológica e Medicina Fetal.

Desde 1970 o GOB mantém curso de Pós-Graduação senso estricto, inicialmente com o mestrado e já há algum tempo também com o doutorado. Neste longo período já titulou mais de 250 mestres e doutores na área da Saúde da Mulher.

Entretanto surgiram novos desafios. A prevenção da mortalidade das mulheres, jovens e adolescentes deve ser centrada nos pilares dos cuidados da saúde da mulher, tendo como essenciais o acesso ao planejamento familiar com ênfase no risco reprodutivo, a assistência pré-natal de qualidade, a assistência ao parto e aborto seguros. Aspectos que também têm papel determinante na inserção da mulher na sociedade de forma plena, permitindo que ela atue de forma segura em todas as dimensões de sua vida, profissional, familiar e pessoal. Identificamos a necessidade de formar um médico capaz de atender a mulher de forma eficaz e compreender adequadamente suas principais demandas. As mulheres são ampla maioria nas unidades de saúde básicas e o profissional de saúde necessita de um aprendizado seguro que direcione suas ações e permita o entendimento do universo da ginecologia e obstetrícia.

As renovações sucessivas pelas quais passou o GOB ao longo de sua trajetória sempre resultaram em avanço e em melhorias na formação de recursos humanos. A valorização da história rica deste Departamento aliado ao desejo continuo de aprimoramento de seu corpo docente é a explicação desta trajetória tão bem sucedida.

Listas dos Catedráticos e Professores Titulares do GOB (1911 – 2017)
1 – Hugo Furquim Werneck
2 – Oto Cirne
3 – Clovis Gama Salgado
4 – Alberto Henrique Rocha
5 – Rui Pimenta Filho
6 – Mário Dias Correa
7 – Aroldo Fernando Camargos
8 – Antonio Carlos Vieira Cabral
9 – Agnaldo Lopes da Silva Filho
10 – Selmo Geber
11 – Henrique Vítor Leite
12- Alamanda Kfoury Pereira

Administração

Chefe do Departamento
Prof. Agnaldo Lopes da Silva Filho

Subchefe do Departamento
Profa. Eura Martins Lage

Coordenador do Curso de Pós-graduação
Prof. Selmo Geber

Subcoordenador do Curso de Pós-graduação
Prof. Fernando Marcos dos Reis

Coordenador da Residência Médica
Prof. Mário Dias Corrêa Júnior

Secretaria Administrativa
Paula Rios Carneiro
Fabiana Gonzaga de Sá Madureira

Câmara Departamental

Chefe
Prof. Agnaldo Lopes da Silva Filho
(Mandato de 01/03/2017 a 28/02/2019)

Subchefe
Profa. Eura Martins Lage
mandato 01/10/2017 a 30/09/2019

Prof. Selmo Geber
Prof. Henrique Vitor Leite
Profa. Márcia Cristina França Ferreira
Prof. Mário Dias Correia Junior
Profa. Eura Martins Lage
Prof. Mário Jorge Barreto Viegas de Castro
Profa. Rívia Mara Lamaita
Prof. Eduardo Batista Cândido
Profa. Ana Luiza Lunardi Rocha Baroni
Prof. Gabriel Costa Osanan
Profa. Regina Amélia Lopes Pessoa de Aguiar
Prof. Rubens Lene Carvalho Tavares
TAE Paula Rios Carneiro
Discente: Ágatha Dias Pires
Discente: Thage Vecchi
Discente: Leila Pinho
Discente: Leonardo Motta Lopes

Representante no Colegiado do Curso Médico
Profa. Eura Martins Lage

Horário de funcionamento
8:30 às 12:00 – 13:30 às 16:00

Histórico

(..) Em 1911, é criada por um grupo de médicos a Faculdade de Medicina de Minas Gerais e Hugo Werneck se torna o chefe da cátedra de Ginecologia e Obstetrícia. Na Faculdade de Medicina eram ministradas as aulas teóricas e as aulas práticas eram dadas na Santa Casa. Formou algumas gerações de ginecologistas e obstetras e teve como seu discípulo maior, o doutor Lucas Machado.
Hugo Werneck ficou à frente da cátedra até sua morte em 1935. Com a cátedra vaga, abriu-se concurso para seu preenchimento e o desenrolar culminou num dos capítulos mais interessantes da Medicina em Minas Gerais.