Faculdade de Medicina

Universidade Federal de Minas Gerais


Notícias Externas

UFMG apresenta cursos de graduação a 40 mil estudantes no sábado


Publicado em: AgendaExternas - 13 de setembro de 2017

Mostra das Profissões será inclusiva e interativa

Mostra das profissões de 2016. Foto: Foca Lisboa

A experiência de percorrer pela primeira vez o espaço físico do campus Pampulha será vivenciada na Mostra das Profissões, no próximo sábado, 16, das 9h às 17h, pelos 240 alunos de terceiro ano do ensino médio da Escola Estadual Amélia Santana Barbosa, de Betim, Região Metropolitana de Belo Horizonte. Assim como outros 40 mil estudantes mineiros, eles se inscreveram no evento para conhecer os 75 cursos de graduação oferecidos pela Universidade, para ter mais segurança na escolha que farão por meio do Sistema de Seleção Unificado (Sisu).

“O campus tem, por si mesmo, uma configuração que encanta e atrai os jovens estudantes. E o contato com professores e alunos os estimula, sem dúvida, a estudar mais para conquistar uma vaga na Universidade”, comenta o diretor da escola estadual, Anderson Manuel de Araújo, que fez graduação e mestrado na UFMG.

Alunos de quase 600 escolas cadastradas e inscritos individualmente poderão assistir a 152 palestras e visitar 71 salas interativas em diversas unidades acadêmicas localizadas no campus. O coordenador do evento e pró-reitor adjunto de Graduação, professor Walmir Caminhas, informa que a estrutura para receber os visitantes envolve equipe formada por quase duas mil pessoas – 300 docentes e servidores técnico-administrativos e 1.720 estudantes de graduação.

A organização para o funcionamento da Mostra inclui disponibilização de rede sem fio, sinalização específica das ruas e prédios, definição de estacionamento e de vias de trajeto dos ônibus que chegam de todas as regiões do estado, instalação de banheiros químicos, funcionamento de restaurantes e outros pontos de refeições, como food trucks.

Além disso, a coordenação do evento sugere aos visitantes que tornem o dia ainda mais lúdico, fazendo piquenique em um dos gramados próximos aos prédios. “A Universidade dispõe de muitas áreas verdes, ideais para descanso e lanche”, comenta Walmir Caminhas.

Coordenado pela servidora Carolina Silva Pena, o Setor de Estatística da Pró-reitoria de Graduação (Prograd) realizou levantamento, com base em questionário socioeconômico respondido regularmente no processo de matrícula e registro acadêmico. Os dados mostram que um terço dos calouros de graduação da UFMG de 2015 a 2017 informaram ter participado da Mostra das Profissões, o que corresponde a mais de dois mil estudantes por ano. Cerca de 70% deles disseram que o evento ajudou a definir a sua escolha de curso.

Mostra inclusiva
No dia 16, haverá estandes do Núcleo de Acessibilidade e Inclusão (NAI) em cada prédio, com infraestrutura para receber pessoas que têm algum tipo de deficiência. Para esta edição da Mostra, inscreveram-se 77 pessoas com três tipos de deficiência: auditiva (28 pessoas), motora (27) e visual (22). “A demanda desta vez aumentou muito com relação aos anos anteriores, provavelmente devido à medida governamental que reserva vagas para estudantes com deficiência nas instituições de ensino superior”, observa a coordenadora do NAI, professora Adriana Valadão.

Segundo Adriana, a infraestrutura disponível inclui veículo adaptado e intérpretes de Libras. Esses recursos podem ser solicitados no próprio dia do evento, no estande do Núcleo, que é responsável pela proposição, organização e coordenação de ações que assegurem as condições de acessibilidade necessárias ao ingresso, à permanência, à participação e à autonomia de pessoas com deficiência no âmbito da Universidade.

A professora Regiane Lucas, do Departamento de Comunicação, que também é intérprete de Libras, vai percorrer salas interativas e auditórios com grupo de 14 pessoas com deficiência auditiva.

Catálogos com letras ampliadas e em braille – com informações sobre os cursos oferecidos pela UFMG – serão enviados, pela Prograd, para os estudantes cegos inscritos.

Acesso virtual
Embora a Mostra das Profissões tenha versão virtual que pode ser visitada a qualquer momento, a participação no evento presencial é insubstituível, opina a professora de História Juliana Waldolato Alvares, do Colégio Cenecista de Várzea da Palma, Minas Gerais, cujos alunos de segundo e terceiro anos do ensino médio participam da Mostra desde 2015.

A professora afirma que a viagem de 300 quilômetros até Belo Horizonte, com o objetivo de participar da Mostra das Profissões, já integra a agenda anual do colégio. “A experiência de conhecer o campus, seus prédios e salas de aula, de ter contato com professores e estudantes é muito estimulante para os estudantes. Eles são incentivados a estudar mais, até porque sabem que a nota de corte para os cursos da UFMG é altíssima”, relata Juliana Waldolato.

Aplicativo
Disponível nas versões Android e iOS, o aplicativo Mostra UFMG dá acesso tanto à Mostra Virtual, com vídeos e catálogo que contêm informações sobre todos os cursos da UFMG, quanto a dados do evento presencial. “O estudante pode acompanhar pelo aplicativo a programação geral, dados sobre localização das salas interativas, horários e locais das palestras”, informa Walmir Caminhas, lembrando que a ferramenta também possibilita fazer avaliação das salas interativas e convida a compartilhar experiências nas redes sociais.

Assista ao vídeo produzido pela TV UFMG:

 

Redação: Cedecom/UFMG

 

    Contador de visitas: 65 visualizações

    Veja também: